Operação de rebocadores no Porto de Santos utiliza Inteligência artificial

Notícias

A utilização de sistemas com Inteligência Artificial (AI, na sigla em inglês) já é uma realidade no Porto de Santos. A Wilson Sons Rebocadores, uma das principais empresas do setor de rebocadores no Brasil,  está aplicando esta tecnologia no cais santista, na gestão de sua frota. Desenvolvida pela companhia, essa inovação também é adotada em suas operações nos portos do Rio de Janeiro e de Vitória, no Espírito Santo.

“Inovação é uma questão estratégica para as companhias continuarem competitivas. Realizamos cerca de 60 mil manobras por ano e, com o uso de inteligência artificial, é possível tomar a decisão de forma mais ágil, deslocar o rebocador adequado no momento ideal”, afirmou o gerente regional da Wilson Sons Rebocadores no Rio de Janeiro, Elisio Dourado.

A previsão da empresa é de que, com a inteligência artificial, é possível uma maior economia nos custos operacionais, assim como a maximização do uso dos rebocadores e uma redução no consumo de combustíveis.

Este sistema começou a ser desenvolvido em setembro de 2018 no laboratório de inovação da Wilson Sons Rebocadores (Tuglab), com base em dados de mais de 350 mil manobras. Agora, segundo o gerente regional da companhia em Paranaguá (PR), Yuri Fedoruk, a meta é implantar em um ano a AI em todas as 25 regiões onde a Wilson Sons Rebocadores atua.

 

Fonte: A Tribuna.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top