Autoridades buscam potencializar relação Porto-Cidade

Notícias

A integração Porto-Cidade é uma das principais diretrizes do Plano de Desenvolvimento e Zoneamento (PDZ) do Porto de Santos, que está em fase final de elaboração.

O estudo contempla a criação de um Masterplan Cultural para preservação do patrimônio histórico, além da destinação do cais do Valongo para atracação de navios de cruzeiro e o fim de conflitos entre veículos e pedestres nas áreas portuárias.

Há outros eixos de atuação da estatal para a melhoria da relação Porto-Cidade. O Masterplan Cultural ainda deverá ser licitado. Nele, serão levantados os locais com potencial interação com o Município. Entre os principais, estão o prédio que abrigava a antiga Diretoria de Operações (Dirop), a Usina de Itatinga, em Bertioga, além do Valongo e do Museu do Porto.

 

Na área cultural, o plano ainda prevê a contratação, este ano, do levantamento de todo o arcabouço histórico do Porto. A ideia é categorizar documentos e definir a melhor maneira de torná-los acessíveis para a população.

Eventos esportivos também entram na lista de ações da Docas. No próximo sábado (dia 1º), haverá uma regata em comemoração aos 128º aniversário do Porto de Santos. Já no domingo (dia 2), está prevista uma corrida de 5 quilômetros pelas vias do Centro Histórico santista.

Compromisso social é destacado por prefeito

Responsabilidade social e compromisso com a população são dois pontos destacados pelo prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), para a melhoria da relação Porto-Cidade. Para ele, o diálogo deve ser ativo para o avanço do Município e o crescimento do cais santista, que é o maior segmento econômico da região.

O Porto de Santos é responsável por mais de 60% do Imposto Sobre Serviços (ISS) arrecadado na Cidade. Cerca de 33% do Produto Interno Bruto (PIB) passa pelos terminais santistas. Para o prefeito, estas instalações devem contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população.

Por fim, o pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) pelos terminais é visto como uma das conquistas importantes para a Cidade, segundo Barbosa.

 

Fonte: A Tribuna

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top