Alfândega agiliza liberação de cargas de importação no Porto de Santos.

Notícias

No Porto de Santos as operações de desembaraço de cargas de importação foram agilizadas no ano passado, mas o procedimento para as mercadorias de exportação demandaram mais tempo.

Esses resultados integram o levantamento da Coordenação Geral de Administração Aduaneira (Coana) da Receita Federal, sobre as Declarações de Exportação (DE) e as Declarações de Importação (DI) registradas na Alfândega da receita Federal do Porto, até o terceiro trimestre do ano passado.

Conforme os dados da Coana, entre janeiro e setembro de 2018, 108.089 DI foram desembaraçadas em menos de um dia na Alfândega do Porto de Santos, essa quantidade representou 96,58% do total, que chegou a 111.905. Já no mesmo período do ano passado, o total de DI liberadas em menos de 24 horas chegou a 96,98% e  104.845 de 108.106 declarações.

Em relação às DE, houve uma queda, pois até o terceiro trimestre de 2018, 72.960 declarações de exportação foram processadas em menos de quatro horas, 95,79% de um total de 76.164 registradas. No ano passado, nos primeiros nove meses, o índice chegou a 94,86% – 71.677 das 75.559 contabilizadas.

Segundo a Alfândega do Porto, houve um aprimoramento de processos de trabalho priorizando as ações de gestão de riscos, desenvolvimento de novas ferramentas e mapeamento e racionalização de procedimentos.
A implantação do Centro de Conferência Remota é destacada como um facilitador dos processos. Seu principal objetivo é agilizar as inspeção física das cargas, de forma remota por imagens, gerando ganhos operacionais e mais segurança aos servidores.

Com o auxílio de tecnologia, treinamentos e com programas desenvolvidos pelo Governo, é possível reduzir ainda mais os tempos de desembaraço de mercadorias.

Além nisso, uma maior quantidade de cargas caindo no canal verde e melhoria de procedimentos nos órgãos anuentes do Porto de Santos ajudará a agilizar o desembaraço das mercadorias no complexo marítimo.

 

Fonte: A Tribuna

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top