Empresas poderão concorrer a licitação para nova drenagem de manutenção do Porto de Santos

Notícias

A (Codesp) abrirá licitação para escolher os responsáveis pela  nova drenagem do Porto de Santos. A concorrência será eletrônica e as empresas interessadas poderão inscrever as suas propostas a partir do dia 23 de setembro. A princípio, o objetivo da empresa é garantir a manutenção das profundidades do canal do porto. Portanto, a empresa licitada será responsável pela via de navegação e os berços de atracação do complexo portuário.

De acordo com o termo de referência do terminal portuário de Santos, a profundidade do canal de navegação é de 15,3. A ideia da drenagem é fazer com que a profundidade fique em seu padrão nominal de 15m.

A Autoridade Portuária estima que 11,8 milhões metros cúbicos sejam removidos dos sedimentos do canal. Já o berços, estima-se uma remoção de 1,3 milhões de metros cúbicos.

Pregão Eletrônico

A concorrência entre as empresas interessadas em cuidar da manutenção da drenagem do Porto de Santos será feita de forma online. O chamado pregão eletrônico já está aberto para as empresas que queiram concorrer. No entanto, a abertura dos envelopes ocorrerão apenas no dia 23 de setembro às 9h.

Histórico

Há cinco meses as obras da drenagem foram suspensas por questões burocráticas. De acordo com a Codesp, existe um colchão de sedimentação, espécie de margem de segurança, que considera assoreamentos constantes, e é capaz de evitar a pedra do caiado oficial por três meses.

A companhia afirma que, mesmo com a pausa, o complexo mantém vigente as suas condições de navegação.

Questões contratuais

O contrato de licitação terá uma cláusula rescisória, caso haja a aprovação do Governo Federal quanto a privatização da Companhia Docas do Estado de São Paulo. No entanto, a tomada dessa ação já tem sido prevista pela União.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top